INÍCIO / FUTEBOL PROFISSIONAL / NOTÍCIAS / LIGADOS À CORRENTE
Tondela vence em Famalicão em jogo de loucos
 
 

12/7/2019
LIGADOS À CORRENTE
Tondela vence em Famalicão em jogo de loucos



Uma verdadeira “montanha russa”. Bem podia ser assim o resumo do jogo desta noite em que o CD Tondela regressou aos triunfos depois de vencer o FC Famalicão por 2-3.



Numa partida imprópria para cardíacos e a jogar num reduto onde os famalicenses ainda não tinham perdido para o campeonato, o conjunto treinado por Natxo González entrou a todo o gás e já vencia por 0-2 aos 19 minutos, depois de Pepelu aos 5’ (estreia a marcar de auriverde vestido) e Xavier (primeiro tiro certeiro esta época), terem colocado os beirões com uma vantagem de golos, com a nota de destaque também a cair em João Pedro que fez a assistência para ambos os tentos.



Quem pensou que o jogo estava fechado, enganou-se redondamente já que o Famalicão nunca virou a cara à luta mas também com os tondelenses a ficarem muito perto do terceiro golo, no entanto foi mesmo a equipa da casa que chegou ao golo, aos 38 minutos, através de um canto, que reduziu a diferença no resultado que iria com 1-2 para o intervalo.



Com uma mudança logo no reatar da partida com a entrada de Philipe Sampaio para o lugar de Tomi, o CD Tondela voltou a entrar melhor em campo e por muito pouco não fez o 1-3 com Jhon Murillo a atirar ao lado já dentro da pequena área adversária. Como quem não marca, arrisca-se a sofrer, assim foi aos 52 minutos quando os famalicenses através de uma grande penalidade restabeleceram a igualdade e a esperança na reviravolta no marcador.



E foi num cenário de grande dificuldade que os homens de Natxo González voltaram a mostrar de que ‘material’ são feitos, dando sinais de grande maturidade em todos os capítulos do jogo. Coesos e unidos a defender, perante o permanente assalto ao seu último terço, e inteligentes e astutos nas saídas para o ataque, sendo que foi assim que foram perdendo algumas oportunidades para voltar á frente do jogo.



O último festejo da noite foi de novo beirão quando ao sexto de 10 minutos de descontos, Jhon Murillo apareceu isolado e na cara do guardião oponente não tremeu e de forma fria fez o 2-3 final.



Triunfo muito difícil mas saboroso de uma equipa que soube sofrer quando assim teve de ser e que foi fria, ou neste caso gelada, quando teve a oportunidade de ficar com os três pontos.



O Tondela impôs desta forma a primeira derrota caseira da época na Liga NOS ao Famalicão e regressa aos triunfos depois dos dois desaires nas rondas transatas.



Com esta vitória os auriverdes somam agora 18 pontos com 13 jornadas disputadas.



O caminho faz-se caminhando, e hoje mostrámos que estando ligados em todos os jogos até ao último segundo, temos tudo para continuar a ser felizes.



Uma nota também para os nossos adeptos que depois do incomensurável apoio que nos deram, os três pontos são a recompensa perfeita para a vossa entrega!



A equipa volta a treinar já esta segunda-feira com o pensamento já focado no jogo da próxima ronda que nos irá levar ao reduto do FC Porto.



Confere a seguir a ficha deste jogo:



Estádio Municipal de Famalicão



Assistência: cerca de 4.000 espectadores



Árbitro: João Bento



FC Famalicão: Defendi, Riccieli (Rúben Lameiras, 46’), Nehuén Pérez, Roderick, Alex Centelles, Gustavo Assunção (Guga, 76’), Racic, Pedro Gonçalves, Diogo Gonçalves, Fábio Martins e Anderson (Toni Martínez, 81’);



Suplentes: Vaná, Cafú Phete, Guga, Ofori, Schiappacasse, Rúben Lameiras,Toni Martínez;



Treinador: João Pedro Sousa.



CD Tondela: Cláudio Ramos, Moufi, Bruno Wilson, Yohan Tavares, Filipe Ferreira, Jaquité, João Pedro (Denilson Júnior, 61’), Pepelu, Jhon Murillo, Xavier (Jonathan Toro, 77’), Tomislav Straklj (Philipe Sampaio, 46’);



Suplentes: Babacar Niasse, Ricardo Alves, Philipe Sampaio, Pedro Augusto, Richard Rodrigues, Jonathan Toro, Denilson Júnior;



Treinador: Natxo González.



Disciplina: Cartão amarelo a Pepelu (45’), Gustavo Assunção (45’+1’), Filipe Ferreira (50’), Philipe Sampaio (53’), João Pedro (58’), Bruno Wilson (81’), Guga (88’), Jaquité (90’+5’) e Jhon Murillo (90’+7’)



Marcadores:



0-1, Pepelu, 6’



0-2, Xavier, 19’



1-2, Roderick, 39’



2-2, Fábio Martins, 54’ (gp)



2-3, Jhon Murillo, 90’+6’