INÍCIO / FUTEBOL PROFISSIONAL / NOTÍCIAS / ERROS QUE SE PAGAM CARO
Tondela derrotado em tarde desinspirada
 
 

1/26/2020
ERROS QUE SE PAGAM CARO
Tondela derrotado em tarde desinspirada



“Há dias que mais vale não sair de casa”. Esta é daquelas expressões tipicamente portuguesas que encaixa que nem uma luva no que passou esta tarde no Estádio João Cardoso.



O CD Tondela perdeu por 0-3 em casa frente ao Vitória FC e aumentou para cinco os jogos sem conseguir vencer na Liga NOS, prolongando também o registo negativo em casa.



Numa espécie de “falta de comparência” auriverde, o conjunto treinado por Natxo González foi prejudicado com a tremenda eficácia do adversário que fez dois golos nos dois primeiros remates que executou à baliza beirã, aproveitando, no entanto, outros tantos erros de palmatória na primeira fase de construção. Erros que costuram caro.



Sempre com mais posse de bola, o Tondela evidenciou na quase totalidade do encontro muita dificuldade em ligar os setores e em criar lances de perigo junto da baliza sadina, e quando se aproximava desse objetivo a desinspiração foi total.



No segundo tempo chegou a estucada final, e logo aos 49 minutos, com o Vitória FC a fazer o 0-3 que sentenciava o encontro e de novo em mais um lance originado com um erro auriverde.



Com este desaire o CD Tondela aumenta para cinco a fase, a pior da época, sem conseguir vencer, seguindo com os mesmos 20 pontos.



Conscientes que a única saída para este cenário é, apenas e só, reagir, o foco está já na deslocação a Portimão na próxima jornada. A equipa volta ao trabalho na terça-feira.



Confere a ficha do jogo:



Estádio João Cardoso, em Tondela



Assistência: 1744 espectadores



Árbitro: Iancu Vasilica



CD Tondela: Cláudio Ramos, Fahd Moufi, Ricardo Alves, Yohan Tavares, Bruno Wilson (João Pedro, 46’), Filipe Ferreira (Ruben Fonseca, 67’), Jhon Murillo, Pepelu, Pité, Jonathan Toro (Xavier, 68’), Tomislav;



Suplentes: Babacar Niasse, João Reis, João Pedro, Ruben Fonseca, Xavier, Richard Rodrigues, Philipe Sampaio;



Treinador: Natxo González.



Vitória FC: Makaridze, Sílvio, Artur Jorge, Jubal, André Sousa, Mansilla (Nuno Pinto, 83’), Pirri, Carlinhos, Eber Bessa, Guedes (Ghilas, 69’), Zequinha (Leandro Vilela, 88’);



Suplentes: Milton Raphael, Mano, Nuno Pinto, Leandrinho, Leandro Vilela, João Meira, Ghilas;



Treinador: Julio Velázquez



Disciplina: Cartão amarelo para Makaridze (45’+1’), Xavier (80’) , Carlinhos (80’);



Marcador:



0-1, Carlinhos, 14’



0-2, Zequinha, 31’



0-3, Guedes, 49.