INÍCIO / FUTEBOL PROFISSIONAL / NOTÍCIAS / PERDIDOS NO DILÚVIO
Tondela derrotado em Guimarães
 
 

3/1/2020
PERDIDOS NO DILÚVIO
Tondela derrotado em Guimarães



Foi debaixo de um forte temporal que o CD Tondela perdeu esta noite por 2-0 frente ao Vitória SC. Em Guimarães as dificuldades já eram esperadas mas com o passar dos minutos os auriverdes perderam o controlo do jogo e acabaram por sofrer dois golos (24’ e 41’), complicando ainda mais a tarefa da equipa de Natxo González. O treinador promoveu cinco alterações no onze inicial relativamente ao jogo da ronda transata, chamando ao onze João Reis, Pepelu, Richard, Jhon Murillo e Tomi Strkalj.



No segundo tempo os beirões deram mostras de querer reentrar na luta do resultado com destaque para as oportunidades de João Pedro aos 61 minutos a rematar fraco na sequência de um canto na esquerda, e de Richard, aos 79’, a desviar para as mãos do guarda-redes vimaranense após cruzamento da esquerda de Moufi. Os tondelenses tiveram mais bola, acabando mesmo com maior posse no final do encontro, mas quase sempre sem conseguir aproximações perigosas ao último terço do terreno.



Contas feitas O CD Tondela somou o terceiro desaire consecutivo, seguindo com 24 pontos na Liga NOS.



Uma palavra, uma vez mais, para o impressionante e incansável apoio dos nossos adeptos que, apesar do temporal e da hora tardia do encontro, se deslocaram em grande número a Guimarães. Sabemos que vocês nunca nos falham, obrigado!



A equipa folga esta segunda-feira, tendo regresso ao trabalho marcado para terça-feira já com o pensamento colocado na receção ao Boavista.



Reação pós-jogo: Natxo González



Estamos decepcionados com a primeira parte. Entrámos bem no jogo, tendo o controlo das situações, mas fomos perdendo esse controlo. O que treinámos não se adaptou ao que o terreno de jogo permitiu. Tivemos de recorrer a muito futebol direto e a muitas segundas bolas. Somos muito débeis nesse tipo de jogo. O Vitória foi crescendo, a partir da sua qualidade individual e dos seus golos. Os golos pareceram muito fáceis. Ao intervalo, falámos que o resultado estava em aberto. Tentámos dar a volta na segunda parte, mas o nosso esforço não foi suficiente. Tivemos mais posse de bola mas [o golo] não aconteceu.



Confere e ficha de jogo:



Estádio D. Afonso Henriques, Guimarães



Assistência: 12.711 espectadores



Árbitro: Manuel Oliveira



 Vitória  SC: Douglas, Sacko, Frederico Venâncio, Pedro Henrique, Florent, Pepê, Dénis Poha (João Carlos Teixeira, 83’), André André, Ola John (Ouattara, 77’), Davidson, Bruno Duarte (João Pedro, 69’);



(Suplentes: Miguel Silva, Victor Garcia, Suliman, João Carlos Teixeira, Marcus Edwards, João Pedro);



Treinador: Ivo Vieira



CD Tondela: Cláudio Ramos, Moufi, Philipe Sampaio, Ricardo Alves, João Reis (Pité, 70’), Pepelu, João Pedro, Richard Rodrigues, Xavier (Jonathan Toro, 81’), Jhon Murillo, Tomislav Straklj (Ronan, 65’);



(Suplentes: Babacar Niasse, Petkovic, Yohan Tavares, Jaquité, Pité, Ronan, Jonathan Toro);



Treinador: Natxo González.



Disciplina: cartão amarelo para Frederico Venâncio (49), Philipe Sampaio (76) e Moufi (82).



Marcador:



1-0, Bruno Duarte, 24’



2-0, André André, 41’