INÍCIO / FUTEBOL PROFISSIONAL / NOTÍCIAS / TONDELA - BOAVISTA
História e estatística
 
 

3/7/2020
TONDELA - BOAVISTA
História e estatística



É já esta tarde que CD Tondela e Boavista FC medem forças pela 14ª vez. Depois de quatro confrontos a contar para a 2ª Divisão B, desde 2015 que auriverdes e axadrezados se defrontam para a Primeira Liga.



Com ligeira vantagem no histórico, os beirões venceram cinco encontros e empataram quatro frente ao Boavista, tendo as pateras também quanto triunfos para o seu lado. Já no que toca a golos não podia existir maior equilíbrio com 13 golos para cada lado.



Remontada histórica que fica na memória



Se há jogo que fica na memória no lote deste 13 encontros é sem dúvida o duelo da época 2017/18. O Estádio João Cardoso assistiu a uma reviravolta épica para os beirões numa partida em que o Boavista aos 69 minutos vencia por 0-2. No entanto, e numa “remontada” extraordinária, os tondelenses conseguiram reverter o marcador e acabaram por vencer por 3-2 com Tomané e Murilo (bisou) e darem os três pontos para a equipa então orientada por Pepa.



1º lugar garantido no Bessa



Outro dos jogos frente ao Boavista e que fica na memória do CD Tondela aconteceu na época 2011/12, neste caso no Estádio do Bessa. Na altura a contar para a 2ª divisão B os auriverdes venceram na casa dos axadrezados por 0-1 (golo de Batatinha), num triunfo que garantiu o 1º lugar da Zona Centro e que, mais tarde, selou a subida à Segunda Liga. Cláudio Ramos é o único sobrevivente desse encontro.



Reencontros no João Cardoso



Curiosamente, no plantel do CD Tondela existe um jogador que já representou as cores axadrezadas. Trata-se do central Philipe Sampaio representou o emblema boavisteiro durante as épocas 2014/15 a 2016/17. Do lado aposto existem dois jogadores que já representaram as cores auriverdes. Carraça defendeu o emblema beirão na época 2014/15, enquanto que Ricardo Costa representou emblema beirão durante as épocas 2017/18 a 2018/19. Hoje vão estar do outro lado da barricada.