INÍCIO / MEDIA / TODAS AS NOTÍCIAS / SEM PONTARIA NÃO HÁ GOLOS…NEM PONTOS
Tondela paga caro as muitas falhas na finalização
 
 

7/5/2020
SEM PONTARIA NÃO HÁ GOLOS…NEM PONTOS
Tondela paga caro as muitas falhas na finalização



“Quem não marca, sofre”… “Quem com ferro mata com ferro morre”.  Estes provérbios e frases feitas estão ‘gastas’ de tanto serem usadas, mas a verdade é que se aplicam como uma luva ao que aconteceu este domingo no relvado do João Cardoso.



Comecemos pelo principal. O CD Tondela perdeu por 0-1 frente ao FC Famalicão. Agora o secundário, mas umbilicalmente ligado ao desfecho do jogo - os beirões fizeram mais do que os mínimos para conseguirem um melhor resultado. Na génese desta derrota está a falta de pontaria na hora de finalizar - o momento de inspiração de Fábio Martins (aos 55’) também não ajudou – mas a mira desalinhada dos auriverdes no momento de rematar à baliza do adversário foi preponderante para este desfecho negativo.



A exibição, à semelhança do jogo na Cidade do Futebol, foi positiva. Os auriverdes entraram bem em ambas as partes. Ligados, em alta rotação, a criarem espaços e envolvimentos para as tais oportunidades de golo que no momento da verdade… nunca saíram como desejávamos.



Num jogo também marcado, 103 jogos depois, pela ausência de Cláudio Ramos na baliza tondelense devido a lesão, foi com um valente murro no estomago que fechamos a cortina sobre este desafio.



O futebol, já se sabe, é eficácia, e neste ponto o Famalicão foi melhor. Mas voltamos ao início, quem não marca, sofre. E perante tanta falha na pontaria, fica difícil chegarmos aos pontos.



A equipa volta a treinar esta segunda-feira já com o pensamento no duelo da próxima jornada frente ao FC Porto. Um jogo que arrancará às 19h15 no Estádio João Cardoso.



Confere a ficha de jogo:



Estádio João Cardoso, Tondela.



Árbitro: Artur Soares Dias



CD Tondela: Babacar Niasse, Fahd Moufi, Philipe Sampaio, Yohan Tavares, Filipe Ferreira (Xavier, 64), Jonathan Toro (Tomislav Strkalj, 79), João Pedro (João Reis, 87), Pepelu, Pité, Ronan e Richard Rodrigues (Pedro Augusto, 79).



Suplentes: Diogo Silva, João Reis, Petkovic, Ricardo Alves, Xavier, Pedro Augusto, Arcanjo, Tomislav Strkalj, Ruben Fonseca;



Treinador: Natxo González.



CD Famalicão: Vaná, Ivo Pinto (Patrick William, 64), Nehuen Perez, Riccieli, Coly (Alex Centelles, 64), Pedro Gonçalves (Anderson, 68), Gustavo Assunção, Uros Racic (Guga, 74), Diogo Gonçalves, Toni Martinez e Fábio Martins (Walterson, 81).



Suplentes: Defendi, Guga, Walterson, Ofori, Rúben Lameiras, João Neto, Alex Centelles, Anderson, Patrick William



Treinador: João Pedro Sousa.



Disciplina: Cartão amarelo a Toni Martinez (24’ e 71’), Richard Rodrigues (30’), Ronan (34’), Coly (40’), Fábio Martins (45’), João Pedro (72’), Walterson (86’). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Toni Martinez (71’);



Marcador:



0-1, Fábio Martins, 55’